Scorecard e métricas de TI

As métricas, além de serem uma ajuda, são uma parte fundamental do processo de gerenciamento. Com eles é possível obter dados objetivos de eficácia, eficiência e qualidade. As métricas ajudam o gerente de um projeto a conduzi-lo ao sucesso e o gerente de um serviço a controlá-lo com argumentos objetivos quantificados, mantendo-o em termos de lucratividade. Da mesma forma, essas métricas serão usadas para detectar riscos operacionais e gerar eventos que ajudam na operação diária dos serviços.

Relacionando essas métricas entre si, será possível criar um Scorecard que se tornará uma ferramenta eficaz com a qual os gerentes de todos os níveis podem detectar em qual alavanca atuar quando houver um fator que não os satisfaça e que eles desejam. provocar a mudança que a melhoria contínua requer.

Através do monitoramento, será possível obter os valores das métricas necessárias para constituir o Scorecard que será uma ajuda eficaz para a tomada de decisões.

O gerenciamento das métricas e o painel adquirem especial relevância no mundo das tecnologias da informação e comunicação, uma vez que, cada vez mais, esses serviços são críticos para o sucesso dos negócios.

OBJETIVOS

  • Conheça a utilidade das métricas para o gerenciamento e seja capaz de selecionar as necessárias para isso.
  • Aprenda a definir as métricas apropriadas e crie um scorecard permanente de auxílio ao gerenciamento.
  • Defina as métricas para controlar processos em modelos como o ITIL ©.
  • Ter técnicas para medir projetos e serviços.
  • Apoiar a negociação com fornecedores ou clientes em números objetivos de projetos e serviços.
  • Realizar um controle homogêneo e cumulativo de projetos e serviços em uma determinada área.

Dirigido a

  • Diretores e gerentes (especialmente da área de TIC).
  • Gerentes de projeto (especialmente na área de TIC).
  • Gerentes de escritório de projetos.
  • Responsável pela prestação de serviços.
  • Consultores em Processos e Tecnologias de Informação.
  • Técnicos Seniores.
  • Funcionários nas áreas de Qualidade, Organização,
  • Processos e Estratégia.

O curso começa estabelecendo as expectativas e áreas de interesse dos participantes, a fim de se adaptar às necessidades e à cultura específicas. O desenvolvimento do curso é eminentemente prático e, em cada módulo, após uma explicação teórica, é realizada uma série de exercícios com o objetivo de fortalecer o que foi aprendido e aplicar as ferramentas ou técnicas descritas. Os exercícios são desenvolvidos em um caso real não identificável, que serve como um fio de conexão do início ao fim. Os exercícios são feitos em grupo. As soluções propostas por cada grupo são apresentadas por um representante de cada equipe para discussão e aprimoramento comum. Dependendo do desenvolvimento do curso,

REQUISITOS:

Experiência em tarefas gerenciais, como gerente ou equipe.

Agenda do curso

1. OS MÉTRICOS E SEUS TIPOS

  • Tipos de métricas e sua utilidade.
  • Definição de indicadores e sua qualidade
  • Métricas e monitoramento.
  • Correlação de métricas para tomada de decisão

2. MÉTRICAS EM PROJETOS E SERVIÇOS

  • Métricas para controle de destino.
  • Métricas para controle econômico.
  • Métricas para gerenciamento de qualidade.

3. MÉTRICAS NOS PROCESSOS OPERACIONAIS DO USUÁRIO EM REQUISITOS

  • Métricas para controle de processos.
  •  As métricas no controle de riscos operacionais.

4. MÉTRICOS COMO FERRAMENTA OPERACIONAL

  • Métricas de tecnologia (sistemas).
  • Eventos de alerta com base em métricas.
  • Gerenciamento diário de eventos.

5. PAINEL E MELHORIA CONTÍNUA

  • O ANS e o scorecard.
  • Hierarquia de indicadores.
  •  O painel como uma ferramenta de gerenciamento.

6. TÉCNICAS E COMPETÊNCIAS PARA ESTÁGIOS DE PESQUISA

  • Comunicação e suas condições.
  • Entrevistas e reuniões em requisitos.
  • Outras ferramentas de comunicação e como superar o preconceito.
  • Observação e questionários.
  • Resolução de conflitos.

7. ETAPAS DE CONSOLIDAÇÃO

  • Elaboração do DRS.
  • Validação do documento de requisitos.
  • Ajuste técnico-econômico.
  • Apresentação da proposta e acordo.

8. TÉCNICAS E COMPETÊNCIAS PARA AS ETAPAS DE CONSOLIDAÇÃO

  • Os relatórios e sua preparação.
  • Lista de verificação da qualidade.
  • Apresentações.